Dalledone Advogados Associados

"Sociedade de Advogados especializada no Direito Criminal há mais de uma década."

Irmãos foram absolvidos de homicídio no Distrito de Ourilândia em Barbosa Ferraz

Os irmãos, Juarez Souza Santos e Ineuso Souza Santos, que eram réus no julgamento que começou nesta segunda-feira (25) e se prolongou até hoje, terça-feira às 17 horas, foram absolvidos pelo tribunal do júri. Apesar da votação dos quesitos parar de ser apurados quando a maioria tomar a decisão, nossa reportagem conseguiu a informação de que a votação foi decidida por um voto, ficando 4 X 3.

Os dois eram acusados da morte de um morador de Ourilândia, conhecido por Israel Rodrigues, alvejado a tiros na porta de sua casa, na Vila Rural do Distrito de Ourilândia.

Os irmãos que tiveram problemas pessoais com a vítima, devido à posse de uma área de terras e uma caminhonete, negaram a autoria do crime, alegando que as diferenças entre eles já havia sido resolvida antes da morte.

Os dois foram indiciados pelo crime depois da apreensão de um revólver que pertencia a um dos irmãos, quando a perícia confirmou que a arma era a mesma que foi usada para matar Israel. Eles alegaram que a arma foi adquirida em Barbosa Ferraz meses após o crime.

Ineuso está preso em uma penitenciária na Capital do estado, desde quando a justiça emitiu um mandado de prisão preventiva contra ele; já seu irmão Juarez, que havia sido condenado em outro processo por estelionato, estava preso na cadeia de Peabiru e após a sentença desta terça-feira, ele foi colocado em liberdade, já que a pena anterior é de 3 anos em regime aberto.

A justiça determinou que os dois fossem colocados em liberdade logo após o término do julgamento. Na situação do Ineuso, o juiz tenta conseguir a liberação imediata, já que ele está cadastrado no sistema penitenciário e em tese teria que ser reconduzido ao presídio para em seguida ser libertado através do alvará de soltura.

http://www.acoluna.net/?p=67914